Fortalecendo

15 de janeiro de 2012

Perto e Distante



Quem garante
Que o que você é
É o que o outro espera de você?
Distante
O que você me diz do que eu sinto
Não sei porque.
Quem garante
Que o que você é
É o que o outro espera de você?
Distante
O que você me diz do que eu sinto
Não sei porque.
Quem garante
Que seguindo adiante eu possa enfim viver?
Sem me comparar
Sem entristecer
Sem tentar mudar
Sem poder entender.
Não dá
Eu vou ter que sair pra poder voltar.
Me ver
Me achar
No seu olhar
Pra entender o que é o gostar.
Me ver
Me achar
No seu olhar
Pra entender o que é o gostar.
Quem garante
Que o que você é
É o que o outro enxerga?


Tiê

4 comentários:

Jessica disse...

Que lindo Paulinhaaa!!
Ameei ^^

Bjinhos :)

Luciana Mira disse...

Passando por alguns blogs encontrei o seu e gostei muito de seu cantinho e estou seguindo! Aproveito pra te convidar a conhecer o meu também, espero que goste! Beijinhos!

Ana Carla de Jesus disse...

Estava procurando uma imagem no google pro meu poema e cheguei aqui,estou encantada,seguindo bjs e parabens!

Paula Alves disse...

Obrigada gurias :)~